15 de janeiro de 2007

O Pênis e Suas Figuras de Linguagem

Faz tempo que o pênis do brasileiro não é apenas mais órgão reprodutor ou parte do sistema urinário. É metáfora.

Os paulistanos, por exemplo, vivem com o “caralho” na boca. Sempre dispostos a usá-lo, seja numa interjeição de espanto “Caralhooo!” ou como figura de linguagem hiperbólica: “Gebra-Gebra do Norte? Você mora longe pra caralho!”. O que nesse caso é muito injusto, porque justamente está é a parte mais rápida de chegar no homem.

Já o baiano, adora uma “porra”. Lá é porra para todo lado. Se o cara é feio, é “feio pra porra”. Se for caro, “é caro pra porra”. Analisando, essa verdadeira inundação na Terra de Todos os Santos até faz sentido, é só perguntar para qualquer homem o que ele mais fez na pré-pós-adolescência. O único problema é que na Bahia uma pessoa mais desprevenida corre o sério risco de ser alvejada por uma “porra” perdida.

Com certeza o restos dos brasileiros do Norte ao Sul devem empregar suas genitálias em outros advérbios, em inusitadas figuras de linguagem e até mesmo para o sexo. A grande maioria, relacionada com a região pubiana masculina, é claro. Porque até hoje eu nunca ouvi ninguém falar: “Você é feio como uma buceta!”, mesmo porque, ainda tem homem achando “buceta” bonita pra caralho.

6 comentários:

Bai disse...

"PORRA" (risos)
ADOREI!!!
BJS...

Paixão disse...

Adorei!!!
E como não podia falta NESSA crônica...Te amo, PORRA!!!

Beijinhos!!!

indie disse...

Me falaram outro dia q homem geralmente fala "Caralho!" qdo está bravo e tal, e a mulher usa "Buceta!".
Preste atenção nos "caralhos" dos seus amigos e nas "bucetas" das suas amigas. Pode ser um exercício interessante. Ou não.
Mas nada mais natural q o homem use o "caralho" e a mulher use a "buceta", certo?

E buceta é linda, sim, vai dizer que não?
Já ouviu a música do Ari Toledo, "O vendedor de bucetas"? rs

..*Nana*... disse...

Muuuiitttoooo Interessante!!!

Aqui voce sabe que todo mundo fala "Meu pau"...

Homens e mulhers???

Estranho....mas também normal!!rs

bjos

Seu ex-dupla disse...

Me surpreende ver uma pessoa que estudou em uma das mais nobres instituições britânicas utilizar de tal vocabulário.

Lamentável.

robert disse...

Engraçado pra BUCETA!