5 de janeiro de 2007

O Rio de Janeiro Continua Sendo

Corpos carbonizados na rua. Pessoas chorando. Mães gritando por seus filhos. Ônibus incendiado. Esse cenário de terror descreve qualquer país do oriente médio que sofre com ações de grupos religiosos extremistas. Chega a ser surreal, mas a cidade que vem sofrendo com este tipo de barbárie já foi conhecida como Cidade Maravilhosa.

O Rio de Janeiro há anos sofre com as ações do crime mais que organizado. Quem não lembra do CV – Comando Vermelho – que ficou famoso por alguns anos, mas assim como o futebol carioca, foi desbancado pelos paulistas com o PCC – Primeiro Comando da Capital. Mas agora eles querem o título de banditismo mais organizado do ano e começaram o ano botando fogo na disputa.

E nessa disputa quem sofre são os moradores da cidade e os turistas. Quer dizer, o turismo do Rio vai ter uma reviravolta e vai ser conhecido como turismo hiper-radical. Ir pra Nova Zelândia se arriscar pulando de Bungee-Jumping? Fazendo Rafting? Pra quê? Muito perigoso. Por muito menos você pode participar de um típico assalto a ônibus, com direito a churrasquinho na hora e ainda presenciar a exclusiva volta dos arrastões. Tudo a base de muita caipirinha, samba e muita segurança. Os mais corajosos ainda podem se arriscar a levar uma bala perdida pra casa.

Calma. Vem por aí: Turistas, o filme. Que provavelmente os governantes do Rio (e o Governo Federal também) vão querer vetar a veiculação por se tratar de uma calúnia, uma visão distorcida e irreal do povo e da cidade carioca. Eles tem razão. Quando um traficante, de órgãos!, retiraria órgãos de turistas para doar para população carente? Calúnia! Eles venderiam e caro! O CV sim, não deve permitir a exibição do filme. Irá denegrir a imagem do tráfico organizado e espantar os turistas europeus, uma fonte de renda muito rica. Por que sem emoção real, eles ficam pela Europa mesmo.

O Rio de Janeiro continua lindo, mas quando for visitá-lo, lembre-se de levar câmera descartável, por que se levar a digital: “perdeu malandro”.

2 comentários:

Fá disse...

Opinião sobre a crônica? Só depois q vc cumprir sua promessa! =P

Tô esperando! rs

Um Beijo. Um Abraço e uma mordida na orelha!

indie disse...

Não se esqueça q esse ano é o "ano pan"...

Mas, se fosse em SP, seria menos violento?

E aumento de 100% de salário de deputado, é só uma forma de violência mais sutil?

Ha, quem vê pensa até q eu levo esse país a sério e nutro alguma esperança de q vá melhorar...

Vc devia ter ficado em Londres. :p