22 de janeiro de 2007

Tragédia dá Ibope.

Não tem como não associar a musiquinha (Tã tã, tã. Tããã!) do Plantão da Globo com tragédia. E recentemente ela tocou de novo. Interrompendo a Sessão da Tarde de milhares de crianças felizes, para falar da mais recente tragédia. Obras do Metrô de São Paulo desmoronam.
Já deu. Não há canais suficientes (e agora blogs, também vou lucrar em cima) suficientes para falar do buraco.

“Josefina, você viu o tamanho do buraco?”. “Mas o buraco já existia”. “Mesmo?”. “Verdade, ele só aumentou um pouco, mas morreram 6 pessoas”. “Que tragédia meu Deus!”.

Dá até para entender que os leigos não saibam da existência do buraco nas obras, porque a televisão fez entender é que a cratera não existia. Depois eles o aumentaram. E muito. Se tivesse desmoronado em profundidade não em comprimento, as televisões estariam dizendo que seria a ligação de metrô São Paulo /Tóquio.

E olha que os buracos nas rodovias federais matam muito mais. Mas isso a gente já acostumou. Não dá ibope. Não tem mais graça. Mas a cratera tem cheiro de carniça fresca. E carniça atrai urubus de todas as espécies.

Rápida e implacável, a dos repórteres sensacionalistas é a primeira a chegar e colocar no ar as opiniões embasadas dos Urubus “Especialistas de Plantão”. Eles não são geólogos, nem engenheiros, mas tem a sua opinião veemente: "Foi terrorismo. Com certeza! Eu vi um talibã entrar no buraco, sem ninguém perceber."

Filtrar informação pra que? Joga na tela que o povo acredita sem pensar e discute. Dá ibope. Também apareceu a espécie Família. Pai, Mãe e filhos. Num típico e cada vez mais tradicional programa família: A tragédia do final de semana. Teve até a descoberta de uma nova espécie. A dos urubus Solidários, como a Red Bull. Que foi prestar solidariedade, distribuindo energéticos para os engenheiros responsáveis pelas buscas e para os curiosos de plantão. Afinal se algum deles caísse no buraco não teria problema, por que: “Red Urubull te dá asas!”. O buraco na aviação civil que causou uma tragédia sem precedentes na aviação brasileira já foi esquecido. O caos nos aeroportos? Esquecido. O buraco nas filas do INSS que mata muito mais gente todos os dias? Esquecido. Se cair mais três obras do metrô, ninguém vai dar à mínima. A gente acostuma. E esquece.

A cratera deu ibope porque era carniça fresca. Agora, já está começando a feder. E carne velha não dá ibope.

Até a próxima tragédia ou crônica. O que acontecer primeiro.

Um comentário:

Paixão disse...

Adorei...pra variar!!!
E gostei mto do anúncio!!! Mto legal...

Beijo bem gostoso...rs